Eliana fala sobre a carreira e comemora conquistas em entrevista à “Contigo!”

29/11/2013 19:16

Veja as frases mais marcantes e fotos da comunicadora na publicação

 
Eliana fala sobre a carreira e comemora conquistas em entrevista à “Contigo!”
Divulgação

Eliana, que completou 40 anos no último dia 22, está na “Contigo!” desta semana em entrevista especial sobre sua carreira e conquistas. Apesar de ter começado a trabalhar bem cedo, aos 14 anos, a comunicadora considera 1988 como o marco inicial de sua trajetória na televisão. Integrante do grupo “A Patotinha”, ela sonhava em seguir como cantora. “Nunca na vida imaginei que seria apresentadora, a primeira mulher na guerra pela audiência aos domingos. Meu sonho era muito menor”, disse.


Nos bastidores do SBT

Chamada para um teste para ser apresentadora em 1990, ao participar do programa “Qual é a Música”, ela conquistou sua primeira vaga na televisão, no entanto, a atração durou pouco. “Silvio Santos me convidou para fazer um teste para ser apresentadora e passei. Mas ele acabou com meu programa (Festolândia) três meses depois. Fui chorando procurá-lo e o abordei nos corredores da emissora. Não queria ficar em casa ganhando salário. Queria me comunicar. Ele me deu uma nova chance”, recordou. Sobre a relação que tem com o dono da emissora, a artista revelou: “até hoje fico com as mãos geladas quando chego perto do Silvio. Sou fã dele, é um grande artista e profissional”.

O momento mais difícil da carreira como comunicadora foi a transição de público, quando passou por oito meses de preparo intenso. “Meu medo nessa transição, temor ao desconhecido, era tanto que precisei fazer terapia. Claro que eu já era uma mulher madura nessa época, mas tinha dificuldade para me comunicar dessa forma, falando com toda a família. Afinal, foram 16 anos trabalhando com o público infantil. Bastava ligar a câmera que minha voz automaticamente ficava mais doce”, contou.

 Família e rotina


Eliana beija o marido, João Marcello Bôscoli, ao chegar em sua festa de aniversário no Hotel Fasano

“Como a maior parte das mulheres, sou muitas em uma só: mãe, esposa, apresentadora, dona de casa, empreendedora. É da nossa natureza feminina... A gente é versátil e muda muito rápido. O marido olha e fala: ‘Nossa, já mudou o cabelo de novo?’ e a gente nem sabe o porquê”, brincou. Com uma rotina agitada, ela encontra tempo para curtir o filho Arthur, de dois anos, e ainda acompanhar de perto seus negócios. “Acordo às 6h e passo as manhãs com meu filho. Três dias por semana vou ao SBT e outros dois sigo para meu escritório. Domingo pra mim é dia de trabalho. Almoço em casa com os familiares às 14h e logo depois subo para minha sala, para acompanhar a exibição do meu programa”, explicou.

A comunicadora falou também que não pretende ter mais filhos no momento, uma vez que já tem seu grande tesouro. “Arthur brinca na rua, pega frutinhas no pé, gosta de ver DVDs de música, ama Jackson Five e tem muitos livrinhos. Televisão aberta ele ainda não assiste. De vez em quando, ele me vê no programa, diz ‘mamãe’, e olha pra mim”, disse.

Para o futuro, o grande sonho de Eliana é permanecer na televisão, ao lado do público que a acompanha nesses 25 anos: “Quando eu penso no futuro, penso em aprender, permanecer atenta às mudanças e às novidades e, no que depender de mim, desejo trabalhar na televisão por muitos anos”. 

 

Redação DaquiDali